Sincronia


As coreografias que a vida apresenta,
com a chuva que cai numa noite fria,
vaidades que a Terra ousa a nos presentear,
vindas do céu, tocadas ao chão...
Nas palavras que o vento leva aos ouvidos distantes,
no sol que reflete como olhares de paixão.
Na noite de luar que clareia a alma,
transcendendo a calmaria após as tempestades cotidianas.
Indo, vindo e se repetindo, dia após dia.
Nos beijos esquecidos pela janela,
nos encontros casuais nas esquinas.
Naturalmente simples e perfeito,
ao erro e ao acerto que ao incerto, cometemos.
Viva nossas rotas naturais vividas e reprimidas,
escondidas de quem as procura nas subidas íngremes.
Abrem-se as cortinas de um novo amanhecer
e lá fora nasce uma nova era, de um novo tempo
de prazeres e aromas livres ao ar.
O canto mudo nos quatro cantos do mundo,
melodia que a natureza de existir compõe,
em versos fartos ao grito do poeta nas folhas de outono,
ou nos que nada dizem, mas muito sabem sentir e admirar.
A sincronia, dos astros do universo, ao inverso.
Nas teorias da arte de um mero sorriso dividido,
como pétalas assopradas brilhando em nossa direção,
Sincronia, da natureza, do mundo, da vida
Bem vindos ao espetáculo fantástico que está em cartaz
esse é o melhor de todos, pois esse é o show da paz.

13 comentários:

  1. bravo!
    =D
    "esse é o melhor de todos, pois esse é o show da paz"
    lindo poema!!!

    abraço!
    ;)

    ResponderExcluir
  2. Seu blog é muito interessante...
    Estou te seguindo.... Tenha um Lindo Dia!
    Siga meus Blogs: http://cartasdeumcoracao.blogspot.com/
    E http://deusemminhaalma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Lindo o teu poema, Poeta!
    Abraços e ótimo domingo!

    ResponderExcluir
  4. As coreografias e sincronias do show são perfeitas, pode abrir as cortinas.

    ResponderExcluir
  5. A sincronia... ah ah
    A sincronia dos amores
    A sincronia dos amantes
    A sincronia dos caminhos
    As alcovas dos horrores
    As alcovas dos principiantes
    As alcovas dos morrinhos....

    Sempre se passa um amor e uma caverna quando o sol se poe!

    Insano,
    bj nos corações das mães que te cercam, ta!

    ResponderExcluir
  6. Muito Lindo *-* Parabéns.
    se tiver um tempinho, da uma olhada em minha ova postagem? agradeço.
    tenha um bom dia *-*

    ResponderExcluir
  7. Poeta, indiquei teu blog para receber um selo.
    Segue o link:
    http://migre.me/4v0MU
    Abraços e ótima semana!

    ResponderExcluir
  8. Meu blog.. A Viagem aconteceu como um sonho,
    mas tenho muito medo que seja um sonho e que
    um dia venha acabar.
    Eu acredito que em nossa vida
    devemos dar carinho e amor sem excessão.
    O carinho edifica alicerces da amizade.
    Cada um recebe de acordo com o que dá.
    Quero deixar meu eterno carinho
    pela sua amizade tão importante na minha vida.
    beijos e beijos com infinita ternura,Evanir.
    www.aviagem1.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Meu amigo misterioso,

    Seus textos, são verdadeiros presentes que recebemos através de palavras alinhadas em uma sinfonia perfeita de frases e sentimentos. Quanto mais te acompanho, mais acredito na beleza da poesia, e de como as palavras podem nos fortalecer sempre...

    Parabéns pelo Poema!

    Canata

    ResponderExcluir
  10. Mundo sem sincronia e harmonia não é mundo, e algumas pessoas não se encaixam nessa sincronia rumo ao show de paz, mas é com poemas como os seus que podemos iluminar essas mentes. Que mais pessoas o leiam.

    ResponderExcluir
  11. Obrigada por tua visita carinhosa! Aproveito pra vir aqui e admirar um pouco desse espaço original, sim. bjs e boa semana pra ti.

    ResponderExcluir
  12. Mais uma vez grata pela tua visita. Hoje á noite passarei para pegar o selo.Que o show da paz continue te inspirando.BEIJOS E BOM DOMINGO.

    ResponderExcluir